quarta-feira, 20 de maio de 2009

"Hot Spot"


Fotografia de Clark Little, um surfista que trocou a prancha pela máquina fotográfica.

9 comentários:

Laurus nobilis disse...

Como diria o Eugénio, bons filtros!

almagrande disse...

Boas Laurus, provavelmente terá razão. Com estas tecnologias todas ao alcance de qualquer um,nunca se sabe quando termina o clic da máquina e começa o clic do rato.

Quim disse...

Boas, capitão mas tecnicamente possível basta estar no local certo à hora certa :) mas tem sempre tratamento...

Marieke disse...

Sempre na crista da onda Almagrande
Um abraço
marieke

almagrande disse...

Obrigado Marieke, um abraço.
Marco

Laurus nobilis disse...

Com ou sem os ditos, esta está realmente muito bela!

Sailor Girl disse...

Está ESPECTACULAR!!!

Sailor Girl disse...

Já agora... Encontrei por mero acaso esta fotografia (e outras do mesmo autor) com a seguinte indicação, que passo a transcrever:

«Havaiano tira fotos do interior de ondas

Um ex-surfista americano agora se dedica a uma atividade inusitada: fotografar ondas de dentro delas.

Clark Little, de 39 anos, começou a fazer as imagens depois que sua mulher manifestou o desejo de ter uma foto para decorar a casa do casal, no Havaí.

Há dois anos, ele vive do dinheiro que ganha com a venda das fotos.

"O mar é minha segunda casa e eu amo o que faço", disse Little. "Não existe para mim aquela sensação de encarar o trabalho como uma obrigação."

Arremessado

O fotógrafo conta que para obter as melhores imagens, ele utiliza uma câmera capaz de obter até dez fotos por segundo.

As ondas que ele encara variam entre 90 cm e 4,5 m.

Muitas vezes, ele chegou a ser arremessado a até 10 m de distância de sua localização original.

"Sempre existe um risco para mim, por conta da força e tamanho das ondas. Mas minha experiência como surfista me deixa à vontade para encarar as ondas sem medo", afirmou.»

almagrande disse...

Boas Sailor Girl, parece-me que recebemos o mesmo mail. Obrigado.